Alguns dias antes da comemoração dos 300 anos do grande encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, entre os dias 07 e 09 de outubro, um grupo de dezoito noviços, junto com seu superior, o Pe. Fábio de Sousa, foram juntos até o grande Santuário dedicado à Mãe de Deus na cidade de Aparecida do Norte, SP. A finalidade principal desta peregrinação era realizar a consagração total a Jesus Cristo por meio de Maria segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort. Todos os anos a turma de noviços de nosso Instituto faz esta consagração depois de uma série de estudos sobre o Tratado da Verdadeira Devoção. E desta vez foram eles, digamos assim, ainda mais abençoados, pois entregaram toda a sua vida a Maria no maior santuário dedicado a ela e num ano totalmente mariano: seja pelos trezentos anos de Aparecida, seja pelos cem anos de Fátima. Além disso o ato da consagração foi feito no primeiro sábado do mês, que em outubro deste ano caiu no dia em que a Igreja celebrava a memória de Nossa Senhora do Rosário. Quantas graças! Todos participaram da Santa Missa celebrada no Altar principal. Em seguida a fórmula foi lida por todo o grupo bem de frente à imagem original, aos pés de Nossa Senhora. A partir de então a Igreja contava com mais dezoito escravos de Maria, decididos a dizer

“Sempre Jesus e Maria; sempre Maria e Jesus” (Constituições, 47).

Esta consagração que fazemos manifesta nosso amor e agradecimento à Santíssima Virgem e ao mesmo tempo o desejo de obter sua ajuda imprescindível para prolongar a Encarnação em todas as coisas.

Nesta peregrinação, além da Basílica em si foi possível ainda visitar outras partes do complexo do Santuário de Aparecida tais como o Museu de Arte Sacra, o Museu de Cera, a Torre, o Bondinho e inclusive o Porto Itaguaçú, local do Rio Paraíba onde os três pescadores encontraram a imagem que hoje é venerada por milhões de fieis. Tudo isso contribuiu para um enriquecimento cultural dos noviços.

No roteiro da viagem estava também a cidade de Guaratinguetá que apesar de estar na rota de muitos romeiros que vão a Aparecida, para nós tem uma relevância ainda maior: é a cidade de Frei Galvão, o primeiro santo brasileiro e o padroeiro do noviciado do Instituto do Verbo Encarnado no Brasil. Foi possível visitar a casa onde o santo viveu, a catedral onde foi batizado, venerar suas relíquias e rezar em seu Santuário Oficial.

Dias de muitas graças! Agradecemos todos a Deus que nos proporciona momentos tão fecundos espiritualmente. Que Nossa Senhora Aparecida, Rainha do Brasil e Santo Antônio de Sant’Anna Galvão interceda pela perseverança e santidade de todos os nossos noviços, futuros missionários!

Sem. Rodrigo Maia e Noviço Rafael Viana